Olá, ! Agora está conectado ao mundo dos Acessórios para Carros, Aproveite! Olá, seja bem vindo a melhor Loja de Acessórios para Carros da Internet!
Whatsapp: (11) 2905-4834
SAC:
Comparar Produto
Mostrando 23 Produtos em 1 páginas
Mostrando 23 Produtos em 1 páginas

Os alarmes automotivos hoje são essenciais para qualquer motorista. Eles garantem mais segurança e evitam roubos e assaltos, contribuindo para uma condução mais tranquila e evitando muitas dores de cabeça.

Os alarmes para carros podem ser facilmente adquiridos em alguma loja de acessórios automotivos , mas cada um tem uma funcionalidade diferente.

Por isso, tire suas dúvidas e saiba como escolher o melhor alarme automotivo e veja outras dicas.

Como funciona o alarme automotivo?

Os alarmes automotivos funcionam de forma simples e são equipados com um receptor, uma bateria auxiliar e uma unidade de controle.

Neste sistema, os sensores captam qualquer sinal diferente e enviam ondas à unidade de controle. Em seguida, a unidade detecta se o sinal é relevante e caso seja necessário, ela aciona a sirene.

Como escolher um alarme automotivo?

Na hora de escolher seu alarme automotivo, tenha em mente que para cada modelo de carro o equipamento pode ser diferente e existem alguns tipos de proteção de acordo com a necessidade de cada motorista.

Os principais tipos de alarme são:

Alarme automotivo perimétrico

Esse tipo do equipamento funciona monitorando a apenas abertura indevida das portas, mas muitas vezes alguns modelos não identificam quando o capô ou porta-malas foi aberto.

Alarme volumétrico

Os modelos volumétricos utilizam um sensor ultrassônico que identificam não só a abertura nas portas, como qualquer movimentação dentro do veículo.

Assim, se alguém quebrar as janelas sem abrir as portas, o carro emite um sensor mesmo assim, pois o alarme identifica um movimento dentro da cabine.

Sensor de choque

Outra opção é o sensor de choque que é ativado em caso de algum impacto no carro como ele ser empurrado, batido, rebocado ou movido de alguma forma.

Vale a pena comprar alarmes automotivos com sensor de presença?

Alguns dos alarmes para carros mais modernos possuem uma função chamada “sensor de presença”, que pode ser habilitada pelo condutor para casos de assalto.

O sistema funciona de maneira que o sensor de presença fica ligado durante a condução do carro e quando ele detecta que o equipamento foi afastado do veículo, instantes depois ele começa a apitar.

Após o acionamento do alarme automotivo, o motor de partida é bloqueado de forma progressiva e o assaltante não consegue mais ligar o carro, tendo que deixá-lo onde parou.

A função é muito útil para evitar ter o veículo roubado, mas não evita casos em que o assaltante retira as peças do carro para vendê-las.

Qual é o melhor alarme automotivo: Positron ou Taramps?

É uma dúvida comum não saber qual marca dos alarmes automotivos escolher, principalmente entre a Taramps e a Positron que são as mais famosas.

Existem poucas diferenças entre os modelos. Normalmente os equipamentos Taramps possuem um botão para abrir o portão da garagem e uma chave canivete para personalizar.

A principal diferença é o valor, já que os modelos Positron podem custar até R$ 300 e a Taramps é mais acessível, com acessórios a partir de R$ 95.

Em ambas as marcas, os modelos mais avançados possuem um bloqueador para ser instalado no veículo de forma discreta e que agem como o sensor de presença, bloqueando o motor do carro em casos de assalto.

Nesse caso, a decisão cabe ao seu orçamento e à confiança que você tem em alguma das marcas.

Como evitar acionamentos acidentais com os alarmes automotivos?

Depois de escolher o seu alarme, tome alguns cuidados para evitar dores de cabeça com acionamento acidental do equipamento.

Para isso, sempre evite deixar seu celular dentro do carro, já que a vibração do smartphone pode ativar os sensores ultrassônicos internos.

Outra dica é para que toda vez que você fechar o carro, garanta que todas as portas e janelas estão fechadas corretamente, pois caso alguma delas esteja aberta, o alarme será acionado.

Além disso, sempre verifique se a bateria do transmissor está funcionando corretamente. Isso porque com o tempo de uso, a bateria fica mais fraca e pode causar interferências entre a central de comunicação e o acessório, resultando em acionamentos acidentais.